Patricia Lages Análise: presente caro é prova de amor no Dia dos Namorados?

Análise: presente caro é prova de amor no Dia dos Namorados?

O valor de determinados presentes transcende o preço da etiqueta, porém, quando o assunto é agradar o parceiro, até onde devemos ir?

patricia lages, dia dos namorados, presente caro, prova de amor

Presente para impressionar vale a pena para o bolso?

Presente para impressionar vale a pena para o bolso?

Pixabay

Vivemos em um tempo em que o dinheiro é escasso para a grande maioria das pessoas, o trabalho consome boa parte do nosso tempo e os compromissos financeiros parecem aumentar a cada dia. E na verdade aumentam mesmo.

No passado, uma família podia ter o mesmo carro por muitos anos e viver na mesma casa praticamente por toda a vida. O número de eletrodomésticos era muito menor, não havia celular, TV a cabo, seguro de carro e uma série de outras despesas que passaram a fazer parte da nossa vida nas últimas décadas. Outra coisa que faz parte das despesas do mundo moderno é o presente para impressionar.

É óbvio que desde sempre o artifício do presente caro foi usado para impressionar, conquistar ou agradar a alguém. Porém, com o advento das redes sociais, o presente caro não tem servido apenas para impressionar quem o recebe, mas também a todas as pessoas que irão vê-lo internet afora.

Com isso, o número de pessoas que se endivida para não “fazer feio” no mundo virtual tem sido maior a cada ano. E assim, muitas vezes a compra do presente tem um prazo de pagamento mais longo do que a duração do próprio namoro.

Já não se trata mais de presentear o parceiro amado com algo que represente afeição, mas sim, de mostrar para o mundo o quanto quem presenteia é o máximo. Os egos e a criação de uma vida virtual perfeita têm tomado uma proporção tão grande que, se minha avó fosse viva, simplesmente não entenderia nem em um milhão de anos. Fico imaginando o que aconteceria se um ET baixasse na Terra e tivéssemos de explicar a ele que muitas pessoas comprometem seu orçamento comprando coisas desnecessárias, enquanto ficam sem dinheiro para suprir suas necessidades. Isso é tão incompreensível quanto comum.

Precisamos mudar essa dinâmica do “o que vão pensar de mim?” e passarmos a nos importar com o que realmente tem valor. Precisamos deixar de lado as inconsistências da nossa época como falar de empoderamento enquanto se supervaloriza a opinião alheia.

O presente que mais vale é aquele que o seu parceiro ou parceira tem pedido a você há muito tempo. Talvez seja mais atenção, um tempo de qualidade sem celular ou até mesmo um presente que se compra em uma loja. Ouça quem está perto de você, quem se importa de fato com a sua pessoa no mundo real. Esqueça o mundo virtual, ainda que seja por um dia. Vai que você percebe que é uma boa e estende a atitude por mais tempo?

Patricia Lages

É jornalista internacional, tendo atuado na Argentina, Inglaterra e Israel.  É autora de cinco best-sellers de finanças e empreendedorismo e do blog Bolsa Blindada. Ministra cursos e palestras, tendo se apresentado no evento “Success, the only choice” na Universidade Harvard (2014). Na TV, apresenta os quadros "Economia doméstica" no programa "Mulheres" TV Gazeta e Record TV e "Economia a Dois" na Escola do Amor, Record TV. Na internet mantém o canal "Patrícia Lages - Dicas de Economia", com vídeos todas as segundas e quartas.

    http://meuestilo.r7.com/patricia-lages