Moda Modelo que morreu após mal súbito não recebeu massagem cardíaca

Modelo que morreu após mal súbito não recebeu massagem cardíaca

Informação é consultor de estilo André do Val via Twitter; segundo ele "vai repercutir muito mal pro evento ter dado continuidade ao desfile"

Massagem cardíaca em modelo foi aconselhada por médica socorrista

Tales Cotta morreu neste sábado (27) durante desfile

Tales Cotta morreu neste sábado (27) durante desfile

Reprodução/Instagram

André do Val é jornalista de moda e consultor de estilo masculino. Ele presenciou neste sábado (27) o mal súbito do modelo Tales Cotta durante o desfile da grife Ocksa, na SPFW, que levou o rapaz a óbito.

No Twitter, do Val lamentou. "Morreu um modelo na nossa frente hoje enquanto desfilava no SPFW. Que dia horrível".

Modelo que morreu na SPFW era graduado em educação física

Tuítes do consultor de estilo

Tuítes do consultor de estilo

Reprodução/Twitter

O consultor de moda voltou a tuitar uma hora depois e refletiu sobre a decisão da feira em seguir com os desfiles após a morte do modelo. "Há entregas a serem feitas, mas vai repercurtir muito mal pro evento ter dado continuidade ao desfile".

André ainda revelou no microblog uma conversa que teve com uma especialista em socorros. "Conversando com uma amiga médica socorrista: a gente tinha que ter feito massagem cardíaca nele na hora...".

Assim que o modelo caiu, a equipe de socorristas do evento o atendeu, colocando-o na maca. Em seguida, Cotta foi levado ao Pronto Socorro da Lapa. Segundo o comentário de André do Val, a massagem cardíaca não foi feita naquele momento, ainda na sala de desfile. Apenas depois, quando ele foi tirado da maca, é que aconteceu a massagem.