Médico de Neymar ensina como acabar com a acne

Jogador não é o único famoso a sofrer da doença, que também atinge adultos

Neymar luta contra as acnes no rosto
Neymar luta contra as acnes no rosto AgNews

Aos 21 anos, Neymar tem fama, dinheiro e sucesso. O que o aproximam de um ser humano comum, no entanto, são cravos e espinhas.

O jogador cuida da pele há um ano com o dermatologista Jardis Volpe. O médico explica que a vida nos gramados dificulta o tratamento do craque.

— Como atleta, ele está exposto muito a sol e atividade física. A gente não pode usar tratamento com ácidos muito agressivos. A pele dele melhorou, a gente conseguiu melhorar bastante a acne, mas é um quadro crônico.

Neymar faz tratamento para acabar com espinhas

Saiba três mitos e verdades sobre a acne

Craque Neymar não vê a hora de se livrar das espinhas

Enquanto a doença não desaparece de vez, o jogador segue se cuidando com cremes.

Neymar não é o único a sofrer com cravos e espinhas. O mal já pegou o jogador Cristiano Ronaldo, as cantoras Kate Perry e Britney Spears e a atriz Cameron Diaz.

Jardis Volpe destaca que, ao contrário do que muita gente imagina, cravos e espinhas também atingem adultos.

— O homem que tem acne na vida adulta, com certeza, pode ser uma questão de oleosidade excessiva e a gente acaba tratando também para que não surjam marcas. As mulheres, você pode ter dois fatores que agravam. Primeiro, elas usam mais cosméticos. A gente sabe que excesso de cosmético e maquiagem, principalmente se não são removidos adequadamente, podem causar acne. O segundo fator na mulher está relacionada com o aumento dos hormônios masculinos.

Descubra mitos e verdades das acnes na reportagem do Domingo Espetacular: