Moda Criador da Bottega Veneta mistura moderno e clássico em Milão

Criador da Bottega Veneta mistura moderno e clássico em Milão

Daniel Lee, que veio da maison francesa Celine, iniciou o desfile com peças inteiras de couro – vestidos decotados, jaquetas e calças de motoqueiro

Novo criador da Bottega Veneta mistura moderno e clássico em desfile em Milão

Os casacos sob medidas eram lisos e usados sobre tops quase transparentes

Os casacos sob medidas eram lisos e usados sobre tops quase transparentes

REUTERS/Alessandro Garofalo

O novo diretor de criação da Bottega Veneta, Daniel Lee, apresentou seu primeiro desfile para a grife de luxo italiana na Semana de Moda de Milão nesta sexta-feira (22), dizendo ter dado um toque de modernidade aos looks clássicos da marca.

Lee, que veio da maison francesa Celine, iniciou o desfile com peças inteiras de couro – vestidos decotados, jaquetas e calças de motoqueiro com zíperes – e muitas saias acolchoadas de primeira linha presas na frente com correntes de ouro robustas.

Leia também: Fendi dá adeus a Lagerfeld na Semana da Moda de Milão

Capas e jaquetas apareceram com golas em V enormes, e tops, camisas compridas e outras peças estavam adornadas com formas de espelhos minúsculas que lhes davam um toque de brilho.

"Embora a habilidade sutil que é central para a identidade da Bottega Veneta ainda esteja presente, o outono 2019 traz uma injeção aguda de modernidade à técnica tradicional, aumentando o volume", dizia o programa do desfile.

"Combinando a mão humana com tecnologia e processos, o resultado é simultaneamente clássico e contemporâneo".

No ano passado, o grupo de luxo Kering, dono da Bottega Veneta, disse que o estilista alemão Tomas Maier estava deixando o posto de diretor de criação da fabricante de peças de couro italiana, conhecida por suas bolsas de couro costuradas, após 17 anos.

Lee disse estar "apresentando um novo vocabulário" para a marca, com a costura tradicional "reinterpretada e evoluída".

A costura foi vista nas roupas de passeio. Outras capas tinham fechos de couro em alguns casos, e jaquetas brilhantes surgiram mais apertadas na cintura. Vestidos bordados justos exibiram decotes abertos.

As correntes robustas também foram usadas em malhas, e detalhes dourados foram acrescentados a cintos colocados sobre vestidos de duas camadas, além de capas de chuva.

Para os homens havia malhas, às vezes com nervuras ou com golas rolê, desconstruídas ou cortadas, e com mangas extra longas.

Os casacos sob medidas eram lisos e usados sobre tops quase transparentes, e as calças foram enfiadas em botas grossas.

A paleta de cores foi principalmente escura – preto, roxo escuro, azul marinho e marrom, mas com toques de laranja, azul celeste, creme, rosa brilhante e lilás adicionando cor.

Os calçados masculinos e femininos também traziam o padrão acolchoado, e algumas mulheres usavam botas grossas.