Moda Caça-talentos aconselha quem quer ser modelo: 'Ordem é ser diferente' 

Caça-talentos aconselha quem quer ser modelo: 'Ordem é ser diferente' 

Com 30 anos de mercado, Serginho Mattos acredita que a área está aberta para a diversidade. Veja o que fazer para entrar na carreira  

Caça-talentos dá dicas para quem quer virar modelo

Sergio Mattos revelou Cauã e muitos outros talento

Sergio Mattos revelou Cauã e muitos outros talento

Reprodução/Instagram

Ele foi o responsável por apresentar ao mundo uma maravilhosiade como Cauã Reymond, e só por isso já deveria ser reverenciado.

Mas Sergio Mattos, da 40 Graus Models, descobriu outros tantos talentos ao longo de 30 anos de carreira na área, tirando do anonimato modelos e atores.

Marca aposta em moda sem gênero e propõe peças básicas unissex

Hoje, além de manter a agência ativa, também dá cursos para quem deseja ingressar na carreira. E garante que o mercado está mais aberto a novas belezas. 

— Quando eu comecei, as meninas eram todas iguais, pareciam clones, tinham o mesmo perfil e estilo. Hoje em dia já existem modelos com vitiligo, modelos plus size, modelos trans, modelos com tatuagem, com piercing, com cabelos coloridos. A ordem é ser diferente, inovar e lançar tendências.

Antes e depois: veja como estão as modelos que brilharam nos anos 90

Mattos acredita que as redes sociais ajudaram a espalhar essa mudança e as marcas já estão entendendo isso na hora de contratar as modelos.

— As meninas negras daqui, por exemplo, estão ganhando o mundo. Em alguns mercados, nos quais não se via tantos negros na passarela, como Milão, hoje você já vê. Eu acredito muito nisso, espero que no futuro a moda valorize cada vez mais a bandeira da diversidade.

Modelos plus size exibem curvas e bombam na web; conheça dez delas

Apesar dessa abertura, o caminho para entrar no ramo ainda segue algumas regras básicas. Segundo Mattos, em primeiro lugar o aspirante a modelo precisa fazer um book. Ele recomenda fazer aula de passarela, de teatro e, claro, fechar contrato com uma agencia. Confira outras dicas do profissional. 

Catálogo tem investido em diversidade

Catálogo tem investido em diversidade

Reprodução

R7: Quais características a pessoa precisa ter para tentar a carreira hoje em dia?

Sergio Mattos: Tem de ter um rosto fotogênico, cuidados com a pele, com o cabelo e com as medidas, além de muita personalidade. 

R7: Onde e como procurar uma agência?

Sergio Mattos: Procurar sempre referências. Olhar o site da agencia, ver o perfil dos modelos que trabalham e para quais campanhas é uma boa dica! 

R7: É obrigatório ter um book?

Sergio Mattos: Sim, todo modelo tem que ter seu book. O book é o instrumento de trabalho para todo profissional! 

R7: Como conseguir os primeiros trabalhos?

Sergio Mattos: Assim que tiver um book, a agência apresenta a (o) new face para o mercado. A partir daí, começam os testes e podem aparecer as oportunidades. 

R7: Quanto fica com a agência?

Sergio Mattos: Geralmente entre 30% e 20% de cada trabalho.

R7: Que tipo de trabalho aparece no começo? Tem de pegar tudo o que aparecer?

Sergio Mattos: Toda careira deve ser planejada, dependendo do perfil de cada um. Se o perfil for fashion, a (o) new face tem que tentar pegar desfiles e editoriais de revistas de moda, mas se tiver um perfil mais comercial vai focar na publicidade, catálogos... Não precisa pegar o que pintar! As vezes temos que dizer não se o job não for bom para a imagem da (o) modelo. 

R7: Que cuidados é preciso ter antes de tentar a carreira?

Sergio Mattos: Muito cuidado com os convites de falsas agencias e falsos fotógrafos! Hoje em dia existem muitos fakes e convites pela Internet, na maioria dos casos são furadas!

Marília Mendonça, modelos plus size e mais: o que bombou em 2018

Sergio Mattos: Eventos e cursos também são uma boa chance de circular no mercado.

Na sexta-feira (22), por exemplo, Mattos, vai realizar uma seletiva para candidatos a modelos e atores, no Hotel Ibis, na Barra da Tijuca.

— O objetivo do casting, organizado uma vez por mês, é dar oportunidade para quem deseja ingressar na carreira de modelo e de ator. Na ocasião, os candidatos têm a chance de serem avaliados pessoalmente pelos bookers da agência. 

Caça-talentos dá cursos para quem quer virar modelo

Caça-talentos dá cursos para quem quer virar modelo

Reprodução

É preciso fazer inscrição pelo email opencall@40grausmodels.com. Já no fim de semana (dias 23 e 24), o caça talentos vai promover mais uma edição de seu workshop.

O curso oferece aulas de conscientização corporal com Christine Ribeiro, que também é booker da agência, fotografia com o fotógrafo de moda Eduardo Rodrigues e de passarela e improviso para comerciais com o próprio Sérgio Mattos.

O objetivo é apresentar a profissão de modelo na prática. Ao fim do curso é realizado um desfile para que os alunos experimentem a sensação de uma apresentação ao vivo. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone (21) 99444-4414 ou por e-mail: cursos@40grausmodels.com.