R7 Meu Estilo Igreja Universal celebra casamentos simultâneos pelo mundo

Igreja Universal celebra casamentos simultâneos pelo mundo

Cerimônias realizadas nesta quinta-feira (23) oficializaram a união de mais de 13 mil casais em todos os estados do Brasil e outros 68 países

Igreja Universal realiza casamentos simultâneos pelo mundo

Templo de Salomão reuniu 183 casais na "Celebração dos Casamentos"

Templo de Salomão reuniu 183 casais na "Celebração dos Casamentos"

Edu Garcia/R7

Mais de 13 mil pessoas se casaram nesta quinta-feira (23) na "Celebração dos Casamentos", cerimônias realizadas simultaneamente em templos da Igreja Universal por todo o mundo. Só no Brasil, nos 26 estados e Distrito Federal, 10.784 homens e mulheres selaram a união naquele que é o maior casamento simultâneo já realizado no país. Outros 68 países reuniram 2.861 cônjuges.

O Templo de Salomão, em São Paulo, celebrou a união de 183 casais. Renato e Cristiane Cardoso, apresentadores do programa Escola do Amor, da Record TV, e autores de best-sellers, como Casamento Blindado e Namoro Blindado, conduziram a cerimônia.

Antes do evento, que teve início às 20h (horário de Brasília), noivos e padrinhos foram recepcionados com um buffet e música instrumental, com direito a valsa e muita emoção. O casal Pamela Rodrigues e Isaias Dalence exaltou o momento.

Pamela e Isaias se casaram na cerimônia coletiva

Pamela e Isaias se casaram na cerimônia coletiva

Edu Garcia/R7

"Estamos muito felizes por estar aqui, em uma casa como essa, de todos os povos. É um momento privilegiado para mim e para a minha esposa. Estamos muito realizados", disse Isaias.

Flavia Cristina Vieira e Denis Vinicius Vieira também decidiram selar a união na cerimônia coletiva. A noiva ressaltou a identificação que tem com o Templo e a oportunidade de apresentá-lo a familiares que ainda não conheciam o local.

"Nós gostamos muito daqui, estamos sempre aqui, é um lugar muito especial para a gente. E gostaríamos de ter esse momento para a nossa família também conhecer. Está sendo maravilhoso".

Mirtes de Paula e Humberto Martins foram um dos últimos casais a entrar na igreja. Emocionado, o noivo exaltou a oportunidade de celebrar o amor perto de Deus.

Humberto e Mirtes exaltaram a oportunidade de se casar no Templo

Humberto e Mirtes exaltaram a oportunidade de se casar no Templo

Edu Garcia/R7

"Participar desse momento em uma época em que o casamento está tão desacreditado é um privilégio. O nome de Deus passa a ser honrado em nossas vidas por conta de tudo isso que a igreja nos proporciona".

Casamentos pelo mundo

Além do Brasil, mais 68 países realizaram cerimônias coletivas simultaneamente. São eles: Argentina, Barbados, Belize, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Guatemala, Guiana Inglesa, Honduras, Jamaica, Nicarágua, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Trindade e Tobago, Uruguai, Venezuela, Alemanha, Bélgica, Bielorrússia, Espanha, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Itália, Portugal, Rússia, Suíça, Ucrânia, África do Sul, Angola, Benin, Botswana, Burundi, Camarões, Chade, Costa do Marfim, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné Bissau, Lesoto, Madagáscar, Moçambique, Namíbia, Nigéria, Quênia, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda, Zâmbia, Zimbabwe, Filipinas, Japão, Malásia e Nova Zelândia.

Segredo matrimonial

O IBGE revelou no último censo realizado que, nos últimos dez anos, o número de divórcios no Brasil cresceu 160%. A informação despertou o interesse de diversos especialistas, que buscaram entender as questões usadas como justificativa para a separação conjugal.

Para esses estudiosos, os principais motivos que levam um casamento ao fim são: relacionamento extraconjugal, falta de respeito e cumplicidade, problemas de convivência com a família do cônjuge e instabilidade financeira.

Mas, para Cristiane Cardoso, os males têm uma raiz. ”O casal só se coloca nessa situação, se não houver diálogo e verdade entre eles. A maioria não sabe dos benefícios que uma boa conversa pode trazer para o seu matrimônio e quantos erros podem ser evitados na prática deste ato”, explica.

"Por isso, sugerimos que o casal desenvolva um relacionamento com o Autor do Amor, pois, certamente, Ele será o Juiz mais justo e dará a direção correta nas questões em que um casal não consegue entrar em acordo", completa Renato.

Veja mais fotos da cerimônia realizada no Templo de Salomão: