Hypeness Série de fotos mostra mudanças nas mulheres antes e depois da gravidez

Série de fotos mostra mudanças nas mulheres antes e depois da gravidez

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

A fotógrafa lituana Vaida Razmislavičė quis mostrar como a maternidade muda a vida das mulheres. Para isso, convidou 33 voluntárias para um ensaio com fotos antes e depois da primeira gravidez.

O projeto ganhou o nome de “Becoming A Mother” e traz fotos simples, em que o destaque fica para o olhar das mães de primeira viagem. “Eu escolhi um formato muito simples, como se estivesse tirando fotos para passaporte. Queria destacar o olhar das minhas modelos, descartando qualquer coisa que pudesse interferir nisso”, disse Vaida ao Bored Panda.

Hypeness

Hypeness

Hypeness

Uma de suas motivações para a série foi mostrar que recém-nascidos não devem ser tratados como obstáculos na vida dos pais. E, claro, ela também é mãe de duas crianças, o que a ajudou a repensar todas as ideias pré-concebidas que tinha sobre a maternidade. Os pequenos nunca a impediram de atingir seus objetivos de vida, que incluíram dois mestrados concluídos após o nascimento dos filhos.

Hypeness

Hypeness

Hypeness

Curiosamente, grande parte das mulheres fotografadas mudou o corte de cabelo após o nascimento do primeiro bebê. Outras mostram uma satisfação incrível no olhar depois desta experiência, enquanto há aquelas que deixam transparecer olheiras como parte do processo da maternidade.

Hypeness

Hypeness

Hypeness

Essas pequenas diferenças provam que criar um filho é uma aventura única para cada mulher e cada uma delas terá seus próprios desafios e transformações no caminho. Tem coisa mais maravilhosa do que isso?

Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness
Hypeness

Hypeness

Hypeness