Hypeness Filha de pedreiro da Zona Leste de SP vai estudar medicina nos EUA

Filha de pedreiro da Zona Leste de SP vai estudar medicina nos EUA

Contrariando as estatísticas, Nathalia Oliveira, de 22 anos, foi aprovada em um dos vestibulares mais concorridos do país e fará intercâmbio 

Da ZL para Harvard: filha de pedreiro vai estudar medicina nos EUA

Nathalia sempre recebeu incentivo para estudar e tirar boas notas

Nathalia sempre recebeu incentivo para estudar e tirar boas notas

Hypeness

No Brasil, o fator socioeconômico tem ligação direta com o sucesso no vestibular. Segundo pesquisa divulgada na semana passada, o aluno pobre tem apenas 0,16% de chances de estar entre as melhores notas do Enem.

Baiano de nove anos vai realizar sonho de estudar balé no Bolshoi

Contrariando as estatísticas, Nathalia Oliveira, de 22 anos, não apenas foi aprovada em um dos vestibulares mais concorridos do país – medicina na Universidade de São Paulo (USP), como agora se prepara para fazer um intercâmbio de um ano em Harvard, uma das universidades mais famosas do mundo.

A conquista, porém, não foi das mais fáceis. Nascida em São Miguel Paulista, extrema zona leste de São Paulo, o incentivo para estudar e tirar boas notas esteve desde sempre em sua vida. Seu pai, pedreiro e bombeiro, não aceitava nada menos do que 10. Aos 13 anos, a família se mudou para Vargem Grande, e Nathalia foi aprovada para fazer o Ensino Médio em uma escola técnica em Cotia, cidade vizinha.

Foi a partir deste momento que ela decidiu ser médica e lutou para isso. Após conseguir uma bolsa de estudo em um cursinho pré vestibular, até chegou a ser aprovada em uma universidade pública em Recife, mas os custos de viver em outro estado seriam quase tão altos quanto custear uma universidade privada. Depois de 3 anos de muito estudo, a jovem foi aprovada na USP, Unicamp, Unesp, Unifesp e UFMG e, acabou optando pela primeira.

Tamanho esforço foi recompensado. Recentemente, Nathalia foi surpreendida com a notícia de que junto de outros 14 estudantes de Medicina da USP, havia sido aprovada para um intercâmbio na universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Para custear suas despesas, a estudante fez uma vaquinha online, na qual conseguiu arrecadar R$ 60 mil, mais do que o dobro do que esperava conseguir. Com este valor, ela pretende fazer um curso de aprimoramento, na própria Harvard ou no Massachusetts Institute of Technology (MIT). Impossível não sentir orgulho!

Nathalia fez vaquinha online para levantar dinheiro para a viagem

Nathalia fez vaquinha online para levantar dinheiro para a viagem

Hypeness
    Access log