Deborah Secco classifica como "frustrante" primeiro mês como mãe e diz que engravidou por camisinha furada

Atriz contou falou sobre o começo com a filha, Maria Flor

Deborah e Hugo dispensaram babás nos primeiros meses da filha
Deborah e Hugo dispensaram babás nos primeiros meses da filha Reprodução/ Instagram

Deborah Secco nunca escondeu seu grande desejo de ser mãe. O sonho se tornou realidade em dezembro de 2015, com a chegada de Maria Flor. Mas, em entrevista para a revista Glamour de maio, a atriz diz que o primeiro mês com a filha foi "frustrante".

— Ninguém me avisou que a criança não dá amor no primeiro mês! Ainda mais no meu caso, que não amamentei. Sentia que qualquer pessoa que estivesse ali trocando fralda, dando banho e mamadeira, pra ela estava bom. É uma dedicação absurda, o bebê demanda de três em três horas cronometradas. Aí você sente que dá muito e não recebe nada em troca. É frustrante.

A mamãe de primeira viagem revelou à publicação que a gravidez não foi planejada.

— Parei de tomar pílula pra congelar meus óvulos, porque todas as minhas amigas estavam com dificuldade de engravidar, e o médico falou que o ideal era congelar com 35. Pra fazer o procedimento, tinha que ficar durante seis meses sem anticoncepcional. Aí, por causa de uma camisinha furada, Maria nasceu.

Deborah e o marido Hugo Moura dispensaram a babá nos primeiros meses e cuidam sozinhos da filha.

— Optamos por não ter babá agora justamente pra viver a maternidade e a paternidade de maneira intensa. Daqui a pouco vou voltar a trabalhar e precisarei de ajuda, mas por enquanto estamos superdando conta.

A atriz se derrete pelo marido e diz que, apesar da pouca idade — ele tem apenas 26 anos — ele é muito maduro.

— Ter ele ao lado me deu tanta força. Hugo me disse todos os dias da gravidez que eu estava linda. Eu sabia que eu não estava linda, sabe assim? Duvido que uma grávida se sinta linda, como algumas dizem por aí. É delicioso sentir o bebê, claro, mas linda, linda... isso não.

Apesar das dificuldades no começo, Deborah tem certeza que vai ser a melhor mãe para a pequena Maria Flor.

— Vou ser a melhor mãe do mundo pra Maria porque sou a única. Vou tentar sempre ser o melhor que posso, mas vou errar, sou humana.

Acesse o R7 Play e assista à programação da Record quando quiser