Beleza Técnicas melhoram contorno, flacidez e celulite do bumbum

Técnicas melhoram contorno, flacidez e celulite do bumbum

Protocolos aliam tecnologia e estimulador de colágeno para mudar o aspecto da área. Para aumentar o volume, a indicação é silicone ou gordura

Técnicas prometem melhorar contorno, flacidez e celulite do bumbum

É implante? 50 Cent diz que sim

É implante? 50 Cent diz que sim

Reprodução/Instagram

Até tu, Madonna? Uma foto compartilhada pelo rapper 50 Cent mostra a rainha do pop com um bumbum "extra" e, segundo a legenda da foto, trata-se de um implante. "Madonna fez o bumbum! O que está acontecendo?", brincou o músico. 

Está acontecendo o que sempre aconteceu: muitas mulheres desejam um bumbum firme, bem torneado, sem flacidez, nem celulite.

Jovem internada com bumbum necrosado passa por nova cirurgia

Para as que desejam só melhorar a qualidade da região, existem novos protocolos nas clínicas de estética que prometem melhora do contorno. 

Já quem quer mesmo é volume, aí o indicado é o implante de silicone ou a lipoenxertia, que tira a gordura do próprio organismo e coloca nos glúteos. 

Médico responsável por cirurgia que matou bancária está foragido

O dermatologista Gustavo Limongi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, é um dos pioneiros na execução de um protocolo que alia tecnologia a bioestimulador de colágeno para deixar o bumbum modelado e elevado.

— É uma alternativa para quem não quer aumentar. Combinamos dois procedimentos. É feita a aplicação do bioestimulador, diluído em soro fisiológico e anestésico, que vai estimular a produção de colágeno e tratar a celulite. Em seguida, é feito o ultrassom profundo, que promoverá a contração da região muscular. É ele que vai levantar o bumbum. 

Doutor Bumbum: as últimas horas de bancária que morreu após procedimento estético

A associação do Ulthera – aparelho de ultrassom microfocado – com o Radiesse (bioestimulador de colágeno) vai levar, segundo o especialista, a uma melhora do contorno da região, dar volume e elevação e tratar a celulite e a flacidez da área. 

Limongi explica que a aplicação é feita uma única vez e os efeitos começam a aparecer a partir de 15 dias e duram, pelo menos, um ano. 

Cuidado com os 'plásticos'

O procedimento em nada se assemelha a métodos invasivos que costumam levar a complicações e até à morte de pacientes, como o uso indevido de PMMA (que é uma espécie de plástico, conhecido por Metacril) ou o hidrogel (Aqualift). Como são injetáveis, não é possível retirar esse tipo de produto do organismo. 

"No máximo, dependendo da quantidade aplicada, é possível drenar, mas o estrago está feito", alerta o cirurgião plástico Bernardo Ramalho, que é expert em próteses de bumbum.  "O Metacril ou Hidrogel são substâncias proibidas para uso no glúteo. A utilização é autorizada pela Anvisa para o rosto de pessoas HIV positivo", esclarece. 

Veja quais são as famosas que colocaram silicone no bumbum

Ramalho explica que para quem deseja aumentar o volume do bumbum só existem duas alternativas: a prótese de silicone e lipoenxertia, procedimento no qual se retira a gordura de outras áreas, como abdômen ou costas, e coloca no bumbum. 

Hoje em dia, garante o cirurgião, as próteses para glúteos estão mais modernas e o aspecto, muitas vezes, não é visível. "Antigamente usavam as de mama e o resultado ficava estranho. Agora existem próteses próprias para glúteo", explica.

Confira o tamanho do bumbum das famosas que bombam na internet

Segundo o médico, até mesmo pessoas muito magras podem realizar o procedimento, que tem um pós-operatório tranquilo quando realizado por profissionais competentes e em hospitais qualificados. 

    Access log