ÁREA DE MULHER Dieta flexível: o que é, como fazer, alimentos e substituições

Dieta flexível: o que é, como fazer, alimentos e substituições

A dieta flexível, apesar de pouco falada, é a ideal para quem quer manter o corpo e a saúde em dia sem precisar abandonar os prazeres da comida. Confira!

A dieta flexível, apesar de pouco falada, é a ideal para quem quer manter o corpo e a saúde em dia sem precisar abandonar os prazeres da comida. Confira!

O sonho de toda mulher, é encontrar uma dieta que a permita comer aquele bombom de vez em quando, ou até mesmo, aquela torta de frango clássica da vó. E se eu te disser, que essa dieta já existe? Chamada de dieta flexível, ela consiste no fato de poder, com controle, comer de tudo.

A dieta flexível só é possível através do conhecimento. Isso mesmo, o conhecimento daquilo que você vai ingerir. Os macronutrientes, que será ingeridos, são divididos em carboidratos, proteínas e gorduras.

Quando você sabe a qual grupo pertence o alimento que você irá comer, fica mais fácil manter o controle daquilo que ingere e o efeito em você. Esse conhecimento permite que você faça certas trocas. Por exemplo, deixar de comer pão para comer chocolate, diminuindo as restrições da dieta.

Mas é bom lembrar que mesmo tendo controle, ainda é necessário ter qualidade na alimentação. Chocolate e pão podem até ser ingeridos, mas na frequência correta e saudável, e não todos os dias. Listamos os três grupos, e o que se encaixa em cada um deles.

Confira como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo 1 – Carboidrato
Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Área de mulher
Farinhas: farinha de trigo, farinha de arroz, maizena, tapioca, cuscuz, polvilho doce e polvilho azedo; Pães, salgados e tortas ricas em massas; Grãos: arroz, macarrão, farofa, aveia, milho; Tubérculos: batata inglesa, batata doce, macaxeira, inhame; Açúcar e doces em geral; Frutas, por terem seu açúcar natural, exceto coco e abacate; Bebidas açucaradas, como sucos, refrigerantes, energéticos e água de coco; Cerveja. 2 – Proteínas
Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Área de mulher
Carnes, frango e peixes; Ovos; Queijos; Leite e iogurte natural.

Carnes processadas como salsicha, linguiça, presunto, peito de peru e salame não são considerados saudáveis e não devem ser incluídos com frequência na alimentação.

3 – Gorduras
Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Área de mulher
Óleos, sendo importante aumentar o consumo especialmente de azeite extravirgem, óleo de coco e de girassol; Manteiga; Oleaginosas, como castanhas, amêndoas, amendoim e nozes; Sementes, como chia, linhaça, gergelim e semente de girassol; Coco e abacate.

Além disso, alimentos como salmão, sardinha, atum, leite e queijos também são ricos em gorduras e podem ser consumidos. Por outro lado, é importante lembrar que as frituras devem ser evitadas, mas podem ser consumidas como exceção da rotina geral da dieta flexível.

Trocas
Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Como fazer uma dieta flexível e poder comer de tudo

Área de mulher

Para fazer as trocas, também é importante que se saiba as calorias que estará consumindo. Elas pesarão no resultado final.

2 fatias de pão integral = 5 colheres de sopa de arroz; 2 colheres de sopa de arroz = 1 garfada de macarrão branco; 1 copo de leite = 1 iogurte = 1 fatia de queijo; 10 castanhas de caju = 3 colheres de sopa de abacate; 1 ovo = 1 fatia de queijo; 1 ovo = 3 colheres de sopa de frango; 3 colheres de sopa de frango = 2 colheres de sopa de carne moída; 1 colher de sopa de azeite = 1,5 colher de sopa de coco ralado; 1 fruta = 1 fatia de pão integral; 3 colheres de sopa de goma de tapioca = 1 pão carioquinha.

Você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessa: Dieta do ovo promete eliminar 14 quilos em 10 dias

Fonte: Tua Saúde

Imagem: F7 Notícias, Picbon