Pioneira em postar fotos de looks na web, Cris Guerra critica novas blogueiras: "Tem muito mais do mesmo"

Blog "Hoje Vou Assim" é parceiro do R7

  • Moda
  • Marcella Franco, do R7
Cris Guerra, dona do blog Hoje Vou Assim, posta, desde 2007, seus looks diariamente na internet
Cris Guerra, dona do blog Hoje Vou Assim, posta, desde 2007, seus looks diariamente na internet Reprodução/Hoje Vou Assim

O ano de 2007 foi um dos mais marcantes na vida da blogueira Cris Guerra. Se por um lado marcava a estreia do site que a tornou famosa no mundo da moda, também representou para ela o desafio de sobreviver a uma tragédia. Quando estava grávida de sete meses, seu namorado morreu subitamente, e Cris então se viu viúva às vésperas de se tornar mãe.

Para superar o luto e homenagear o filho Francisco, ela montou um blog onde contava a história do grande amor que havia vivido, pensando que um dia o menino poderia ler tudo aquilo e saber de onde tinha vindo. Poucos meses depois, Cris, que sempre curtira moda, decidiu também inaugurar o Hoje Vou Assim, onde mostraria seus looks diários, também como uma maneira de mudar o foco e seguir em frente.

Nascia ali uma das primeiras páginas do gênero, que inspirou toda uma geração de blogueiras, e que existe até hoje, agora hospedada dentro do Portal R7.

"Era um desabafo, uma terapia", lembra Cris. "Quando era pequena, gostava de vestir minhas bonecas, ia para a feira com minha mãe para comprar roupinhas novas para elas. Como não tínhamos muito dinheiro, nunca pude usar peças boas, e isso me gerou frustração. Quando ganhei meu primeiro salário, a primeira coisa que fiz foi comprar roupas", conta, rindo.

Hoje uma enxurrada de blogs de moda toma conta da internet, e Cris, que pode ser considerada a pioneira do gênero, acha isso perigoso.  

— Tem muita repetição, muito mais do mesmo. Muitas pessoas me procuram para pedir dicas sobre como montar um blog de moda, e isso me dá uma preguiça enorme. Tem muito blog que só fica copiando informação, dando roupa de celebridade e tapete vermelho. Blog, para mim, tem que ser autoral, original, e isso é raro atualmente. Acho lamentável também que as blogueiras estimulem o consumo desenfreado ao invés de dar ideias e provocar a inspiração. Se eu disser que 10% dos blogs que existem hoje em dia são bons, eu estarei sendo muito otimista.

No Hoje Vou Assim, Cris sempre procurou mostrar, por exemplo, como é possível utilizar as mesmas peças em produções diferentes. Com isso, virou referência para muitas mulheres, que viam ali uma alternativa para exercitar a moda de uma maneira real, sem precisar desembolsar uma fortuna para estar antenada com as tendências.

— Ainda tem muita blogueira que acha que marca de roupa é importante, e esta é a coisa mais antiga que pode existir. Não dá para enxergar a marca dessa maneira.

Cris agora é uma mulher com dois livros publicados, realizada com o filho que hoje tem com seis anos, e focada em inspirar a felicidade de mulheres que curtem se vestir bem. Ela dá palestras no Brasil inteiro relacionando a moda à autoestima feminina, um assunto que tem feito sucesso e rendido ainda mais admiradoras à blogueira, formada em publicidade.

O Hoje Vou Assim sempre mostrou uma espontaneidade muito grande, e isso libertava um lado das mulheres que elas pensavam não estar autorizadas a mostrar. Era como se, lendo tudo aquilo, elas se permitissem ser elas mesmas. Hoje recebo relatos de leitoras que falam que, ao mudarem a forma de se vestir, têm se sentido mais bonitas e felizes. É um trabalho gratificante.

Veja também:
Visite o 1º blog de looks diários do Brasil
Nova rede social permite receber ajuda de desconhecidos sobre o look